quinta-feira, 16 de junho de 2011

Poema de Ialmar Pio - Imagem na Internet

Cinamomos





NA NOITE CALMA






Olho a paisagem noturna


através da luz elétrica,


me parece tão soturna;


eu a vejo quase tétrica.






As árvores estão quietas


nem uma brisa balança.


Onde estarão os poetas


que cantaram a esperança ?






Como realizar-se o sonho


que alimentei em menino ?


Eu bem sei que estou tristonho


a cumprir o meu destino.






E permaneço cismando


como alguém que espera ainda;


meu pensamento voando


dentro desta noite infinda.






IALMAR PIO SCHNEIDER






PÁG. 16 - O TIMONEIRO - CANOAS (RS), 27.5.83


_______________________________________________________________________

http://ialmar.pio.schneider.zip.net/

EM 22.11.2008

http://ial123.blog.terra.com.br/

EM 08.06.2009

http://ial123.blog.terra.com.br/

em 21.9.2010

Um comentário:

  1. A luz elétrica, necessária, tira a beleza da noite. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir